Paralítica e cega após dengue hemorrágica, mulher é curada e volta a ver: “Deus me atendeu”

Em 2011, Katia da Silva enfrentou uma doença grave, mas confiou que o Senhor era poderoso para sustentá-la no leito de morte.

Kátia da Silva foi curada da dengue hemorrágica, uma doença com grave risco à vida. (Foto: Site Mulher Cristã).
Kátia da Silva foi curada da dengue hemorrágica, uma doença com grave risco à vida. (Foto: Site Mulher Cristã).

Em 2011, a cristã Katia Valeria da Silva, de 55 anos, membro da Assembleia de Deus Ministério Aviva Internacional no Rio de Janeiro, contraiu dengue hemorrágica e teve uma experiência sobrenatural com Jesus no leito do hospital. 

Numa madrugada, Katia acordou com sintomas terríveis e assustadores. “Comecei a passar muito mal com forte sangramento, que saía pelos poros do meu corpo, pelos fios do meu cabelo e pela boca. A minha saliva era só sangue, então falei para meu esposo: ‘Estou sentindo dores fortes no abdômen, meu corpo está com muitas manchas e minha boca cheia de verrugas’”, relatou a cristã ao Site Mulher Cristã.

Ela foi levada para a emergência às pressas e foi diagnosticada com dengue hemorrágica, uma doença com grave risco de morte. Katia passou a madrugada e o dia posterior perdendo muito sangue e logo foi transferida para a CTI do Hospital Albert Einstein.

“Fiquei em coma por oito dias, não tinha jeito, o sangue não parava e era por todo o corpo. Fiz a transfusão de 10 bolsas de sangue. Quando estava em coma, o Senhor falava comigo enquanto era feito de tudo pra conter o sangramento, e quando acordei vi que a médica de plantão queria me entubar, caso eu não voltasse naquela hora. Mas Deus não permitiu”, contou a mulher.

Quando Katia acordou do coma, não enxergava mais pelo olho direito. Ela teve um choque hipovolêmico, com convulsões tão fortes que precisou ser amarrada na cama, causando a cegueira de um olho. 

Katia também não conseguia andar e depois de muita oração e ajuda do fisioterapeuta, ela começou a se movimentar na CTI, embora ainda com dificuldades. “Eu cheguei até usar a cadeira de rodas, mas eu não aceitava e falava com Deus: ‘Senhor, eu nasci perfeita, quero andar e contar aquilo que o Senhor fez por mim!’”, revelou.

“Todos os dias, meu esposo ia me visitar e orava por mim e pelas minhas pernas. Até que um dia eu voltei a andar. Quando todos me viram andando no salão do CTI, comemoraram!”, testemunhou a cristã.

Orando pela cura

Ao receber alta do hospital, Katia voltou para casa ainda cega de um olho e com um sangramento de endometriose, que se agravou devido a hemorragia da dengue. Mas, com muita fé, a cristã pediu a Deus sua cura completa.  “Voltei a ir aos cultos e pedia oração para ser curada. Eu orava a Deus para aquele sangramento terminar e voltar a enxergar da minha vista direita”, disse.

Em 2020, durante um exame, o médico verificou que a hemorragia tinha desaparecido e ela estava completamente curada. “Deus é fiel! Foi orando e indo aos cultos que o Senhor me curou da endometriose”, afirmou Katia.

E os milagres continuaram acontecendo. “Eu sempre amei ler a Palavra e pedia a Deus para ser curada para eu voltar a ler. E Deus atendeu o meu pedido. Voltei a enxergar da minha vista direita. E também voltei a ter coordenação nas minhas pernas. Deus é fiel. Obrigada pela cura, Senhor! Tudo isso pra Glória de Deus!”, celebrou Katia.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO SITE MULHER CRISTÃ ATUALIZADO: QUARTA-FEIRA, 15 SETEMBRO DE 2021 AS 8:27

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *